Princípios do Escotismo

A Organização Mundial do Movimento Escoteiro (WOSM) define como Princípios do Escotismo:
1. Dever para com Deus (crença e vivência de uma fé, independentemente de qual seja);
Convidamos os jovens a ir além do mundo material, a orientar suas vidas por princípios espirituais e a seguir caminhando em busca de Deus, presente na experiência de todos os dias, na criação, no próximo, na história. Além disso, nós os convidamos a viver sua fé com alegria, sem nenhuma hostilidade para com aqueles que buscam, encontram ou vivem respostas diferentes diante de Deus, abrindo-se ao interesse, à compreensão e ao diálogo com todas as opções religiosas.

2. Dever para com os outros (participação na sociedade, boa ação, serviço ao próximo);
Propomos aos jovens respeitar com carinho o mundo natural, comprometer-se com o desenvolvimento sustentável e participar ativamente dos esforços para sua preservação e renovação. Entendemos que o ser humano só se realiza plenamente quando exerce sua liberdade respeitando a do próximo. Propomos aos jovens que busquem sua realização por meio do serviço ao próximo e que se integrem de maneira responsável e solidária à sua comunidade. No plano das relações pessoais, nós os convidamos a desenvolver sua afetividade com naturalidade e respeito, pautando pelo amor seu comportamento sexual.

3. Dever para consigo próprio (crescimento saudável e auto desenvolvimento).
Convidamos os jovens a usar progressivamente sua liberdade, a assumir-se com responsabilidade, a aprender a discernir e decidir, enfrentando as consequências de suas decisões e de seus atos. Nós lhes propomos que sejam fortes, mantendo-se firmes em seus objetivos e tendo coragem de ser autênticos, em um claro testemunho de que são e o que dizem ser.

Fonte: União dos Escoteiros do Brasil

Av. Waldyr Soeiro Emrich, 1001 - Novo das Indústrias Belo Horizonte

contato@escoteirosdo107.com.br